Notícias

Ver Todos as Notícias
Qual a melhor opção?

Qual a melhor opção?

Um dos temores de quem frequenta o consultório de um dentista é a necessidade de ter que usar um aparelho para corrigir algum problema de alinhamento ou funcionalidade dos dentes. Apesar de ser um tratamento que não é de agrado da maioria dos pacientes, o uso de aparelhos ortodônticos é extremamente importante para a manutenção da qualidade da arcada dentária e, consequentemente, da mastigação e da aparência do indivíduo.

 

Três tipos de aparelhos ortodônticos são os mais utilizados no tratamento de problemas na arcada dentária: o aparelho fixo, o removível e os alinhadores transparentes. Você conhece as principais características e diferenças entre os três? Sabe dizer qual é a melhor opção para o seu tratamento? Confira o nosso artigo e tire todas as suas dúvidas sobre esse assunto!

 

Aparelho removível

 

Aparelho removível pode estar associado ao tratamento ortopédico facial. Sua estrutura pode ser encaixada na arcada e removida, por causa dessa característica, o aparelho ganhou o nome de removível.

 

Pessoas que usam aparelhos removíveis geralmente precisam realizar pequenos movimentos dentários, que podem ser combinados ao final de um longo tratamento com outros tipos de aparelho (como o fixo). Ele também costuma ser muito indicado para quem ainda apresenta dentes de leite, e que está passando por trocas dessas estruturas, para poder adequar a arcada para colocação dos aparelhos fixos corretivos.

 

Seu tempo de uso varia de acordo as necessidades do paciente. Essa variação pode se referir tanto ao tempo de duração do tratamento, como também da rotina de uso, já que alguns aparelhos removíveis podem ser usados apenas no período noturno, enquanto outros são utilizados durante todo o dia.

 

Por ser removível, a limpeza desse tipo de aparelho é feita com uma escova de dentes tradicional, utilizada para higienizar a superfície do aparelho, removendo resíduos de alimentos e acúmulo de saliva.

 

Aparelho fixo

 

Aparelho fixo é o nome popular dado aos bráquetes fixados nos dentes e unidos por um pequeno suporte de aço, que formam a estrutura não-removível desse tratamento ortodôntico. Ele é geralmente indicado para pacientes que já apresentam dentes permanentes, mas que necessitam fazer alterações na estrutura da arcada de maneira definitiva. Por esse motivo, aparelhos fixos são frequentemente encontrados em adolescentes e em adultos.

 

Seu tempo de uso também varia de acordo com o tratamento determinado para o paciente. Entretanto, ao contrário dos aparelhos móveis, sua estrutura não é removível, obrigando que o paciente faça uso da estrutura 24h por dia. Essa característica também dificulta a sua higienização, que deve ser realizada com muita atenção e cuidado pelo paciente, já que o acúmulo de resíduos e restos de alimentos é comum nesse tipo de aparelho, e pode causar problemas como placa bacteriana e cáries.

 

Muitas pessoas, além de não se adaptarem ao visual “metálico” produzido pelo aparelho fixo, também se queixam de desconfortos que o contato do bráquete com a região interna dos lábios e bochechas pode causar. Apesar disso, o aparelho fixo é um método bastante eficiente para solucionar diversos problemas ortodônticos.

 

Alinhadores transparentes

 

Os alinhadores transparentes são umas das novidades do tratamento ortodôntico e têm feito muito sucesso com pacientes que não se adaptaram ou não querem realizar tratamentos com aparelhos fixos para corrigir problemas na arcada.

 

Ele é uma estrutura removível, desenvolvida com acetato transparente, moldado através do formato dos dentes do paciente. Como é feito sob medida, o encaixe dessa estrutura com a arcada dentária é considerado praticamente perfeito e imperceptível aos olhos — daí o nome alinhadores transparentes.

 

Essa estrutura não faz uso de fios ou bráquetes e, além de não influenciar no visual do paciente, é bastante confortável e de fácil higienização, já que pode ser removido dos dentes para ser escovado.

 

O tempo de uso desse aparelho varia bastante com o tipo de tratamento, e seu preço de custo é um pouco mais elevado que os outros dois modelos citados. Mas por conta dos benefícios para saúde e para a autoestima da pessoa, discrição e melhora da imagem pessoal, é um investimento que tem um ótimo custo-benefício.

 

Qual a melhor opção?


Apesar dos três tipos de aparelho oferecerem resultados satisfatórios e semelhantes ao tratamento ortodôntico — cada um à sua maneira — os alinhadores transparentes são considerados, atualmente, os favoritos dos pacientes e profissionais. Apesar desse tratamento possuir um custo mais elevado, a possibilidade de trabalhar com um modelo personalizado, removível, confortável e esteticamente agradável tem tornado esse tipo de aparelho um dos mais procurados. Além disso, ele é também o que apresenta resultados mais eficazes, já que a adesão ao tratamento se torna maior, graças às suas características.

 

Fonte: http://invisalign.com.br/