Notícias

Ver Todos as Notícias
As vantagens de investir no alinhamento dos dentes

As vantagens de investir no alinhamento dos dentes

Um sorriso harmonioso transmite equilíbrio, simetria, confiança, além de conquistar outros ao seu redor. Porém, os benefícios que um bom alinhamento dos dentes pode promover não param no quesito estético. Um belo sorriso pode promover melhorias na saúde, prevenir problemas e melhorar a autoestima.

 

Dentes alinhados, bem posicionados e uma arcada harmoniosa são fatores decisivos para promover melhorias significativas na saúde. Eles podem proporcionar:

 

- Uma melhor mastigação de alimentos, pois dentes alinhados corrigem problemas como mordida cruzada, dentes sobrepostos, e entre outros problemas que dificultam a mastigação;


- Melhora na respiração durante as refeições e num aspecto geral;


- Correção de exposições da raiz do dente, que podem causar sensibilidade nos dentes ou desgaste;


- Na deglutição de alimentos e bebidas, para uma boca mais saudável e para evitar problemas de saúde causados pela ingestão apressada ou errada de alimentos.

- Além das melhoras evidentes na saúde do paciente, os tratamentos para alinhamentos dentários também diminuem as chances do aparecimento de doenças relacionadas a saúde bucal. Já que dentes desalinhados podem causar traumas dentários pela má mastigação, além de problemas de articulação nas mandíbulas, problemas na gengiva, exposição da dentina e desgaste dos dentes e, em casos mais graves, inflamação nos músculos da mandíbula, perda óssea, trauma oclusal, ATM, etc.

 

Outros problemas desencadeados pela falha na saúde bucal também podem ser evitados, como por exemplo problemas de coluna, dores de cabeça, problemas cardiovasculares e obesidade.

 

As vantagens também podem vir a longo prazo: dentes alinhados e saudáveis também evitam e adiam ao máximo a necessidade de tratamentos dentários no futuro, como próteses, canais e cirurgia para corrigir a exposição do cemento dos dentes.

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (órgão da ONU responsável por determinar padrões de qualidade e de saúde para o mundo), a baixa autoestima é caracterizada pela infelicidade com a própria aparência, principalmente causada problemas estéticos. No Brasil, apenas 55% dos adolescentes têm todos os dentes em condições perfeitas, equanto nos adultos o número é 54% e, em idosos, apenas 10%.

 

A Organização Mundial de Saúde já está levando em consideração os níveis de autoestima para a qualidade de vida, e mede os impactos da estética e da saúde bucal na vida dos indivíduos, para estabelecer padrões ao redor do mundo.

 

Com isso, cuidar da saúde bucal se tornou essencial para manter-se em harmonia consigo mesmo, em seu convívio social e que se sinta valorizado em seu círculo de contatos. Além disso, deixa o indivíduo seguro em atividades como falar, beijar, tocar instrumentos, cantar e sorrir e que dependem da saúde e estética dos dentes.

 

Isso acontece porque os seres humanos são absolutamente sociais, e precisam identificar rapidamente expressões faciais e se identificar em outras pessoas características que considerem agradáveis. Segundo a mesma pesquisa, em entrevistas de emprego, pessoas sorridentes têm 58% mais chances de serem contratadas do que pessoas que mantiveram o semblante fechado ou sério. Cumprimentar o entrevistador com um sorriso franco também aumentam as chances consideravelmente.

 

Além disso, uma pesquisa da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) que mediu o impacto de cada um dos elementos da face – como os olhos, nariz, boca, queixo e proporcionalidade – e chegou aos resultados de que 40% da beleza dos indivíduos é explicada pelo sorriso. Sendo assim, dentes bem alinhados podem abrir as portas que você precisava para o mercado de trabalho.

 

Dessa forma, seja numa entrevista de emprego, na sua vida pessoal, no seu círculo de amizades, família ou no mercado de trabalho, o sorriso mostra beleza, harmonia e cuidado, além de higiene e garante saúde e autoestima para os indivíduos.

 

Cuide do seu sorriso e faça bem para si mesmo! 🙂

Fonte: Invisalign